quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Como o tempo passou...

Afastei-me da companhia da madrugada... E vejam só, como o tempo passou!
Tive de me contentar com o dia, e meu dia pareceu-me incompleto.
É estranho afirmar, mas viver só no horário em que todos vivem me fez mal.
É na madrugada que eu respiro, é na madrugada que eu reflito, é na madrugada que eu existo.

Mas agora estou de volta, e não pretendo mais abandoná-la.

Um comentário:

  1. Boa noite!
    Somos do Projeto Créativité e lhe convidamos para dar uma olhadinha, e se possível participar!

    http://projetocreativite.blogspot.com

    Agradecemos :D

    ResponderExcluir